sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Vai lá, campeão

Não quer beber, não beba.
Não quer sair de casa, não saia.
Não quer torcer pelo Palmeiras, pelo Fluminense, pelo Cruzeiro ou pelo Grêmio, não torça.
Não quer falar comigo, não fale.
Não quer viver no capitalismo, não viva. Mas se mate ou se mude, porque eu quero e você não tem o direito de encher o meu saco para não beber, não sair, não torcer e nem te escutar.
E muito menos para importunar o meu estilo de vida.
Em suma, suma.
0 Comentários