sábado, 1 de fevereiro de 2014

O bezerro de ouro da esquerda caviar

Fale mal do Zico para um torcedor do Flamengo. 

Diga para uma adolescente que não gosta do Justin Bieber. 

Peça churrasco num restaurante vegetariano. 

Coloque heavy metal para tocar numa aula de ioga.

Diga que é ateu em pleno Vaticano.

Afirme por aí que o Rubinho era melhor do que o Schumacher. 

Chame uma feministas de "delícia" (OK, essa é difícil).

Tente convencer um frequentador da igreja universal que o "bispo" Macedo é um pilantra.

Procure cérebro ou vergonha na cara em um petista.

Confesse que detesta o Chico Buarque num botequim da Zona Sul do Rio de Janeiro.

Faça o que quiser, mas jamais tente duas coisas: convencer um talibã de que uma caricatura de Maomé é inofensiva ou debater política com os lunáticos do PSOL.

Se, no entanto, ainda assim você quiser tentar a sorte, melhor começar pelo talibã que terá mais chance de sucesso.
0 Comentários