sábado, 22 de fevereiro de 2014

Quero ver você sair dessa

Charada para o seu sábado: um menor "negro" mata a facadas um casal "homoafetivo" que o tinha chamado de macaco. Nessa hora chegam um travesti militante do MST e um indígena e o prendem pelo pescoço num poste.

Quem aí é a "vítima da sociedade capitalistaracistafascistahomofóbicamachistapatriarcal" e pra quem a Maria do Rosário, a Benedita, o Jean Wyllys, a OAB, a esquerda caviar, os defensores dos direitos dos manos e os Guarani-Kaiowá de shopping center vão dar razão?

0 Comentários