sexta-feira, 16 de agosto de 2013

A feminista na cozinha - Publicado originalmente em 16 de agosto de 2013

Quem via essa moça liderando aquele grupo Femen e invadindo lojas, hotéis e outros locais de seios à mostra, protestando contra a "sociedade patriarcal" e vê agora, pode até concluir que o que falta à maioria dessas feministas estilo "Marcha das Vadias" (que carinhosamente chamam por aí de "feminazis") é homem.

Não sou tão radical, acho que na maioria o que falta é cérebro mesmo.

Essa só parece ter colocado o dela um pouco mais no lugar. E não, não é na cozinha.

É na fábrica, no escritório, no consultório, na TV, no jornal, na política, na polícia, nas Forças Armadas, no comando de um avião, no timão de um navio, na presidência de um país, no trono de uma monarquia, ou seja, em qualquer outro lugar que não seja bancando boneco de ventríloquo do marxismo cultural e fazendo presepadas no meio da rua.




0 Comentários