sábado, 24 de agosto de 2013

Cuba e o PT - Publicado originalmente em 24 de agosto de 2013

Ainda sobre o assunto dos tais médicos (escravos) cubanos que o governo petista quer "importar" (assim mesmo, como se fosse mercadoria), é preciso deixar claras algumas coisas.

A primeira é que o Brasil vai fazer genuflexão para a ditadura cubana, porque o governo já declarou que a lei trabalhista que vai reger o trabalho dessas pessoas é a lei cubana. Isso quer dizer o seguinte: o PT, que tanto arrota a soberania nacional para criticar privatizações mais do que necessárias, vai permitir que a lei de uma DITADURA se sobreponha às leis brasileiras NO BRASIL.

Depois, essa "flexibilização" das relações trabalhistas é tudo menos o que o PT faz no Brasil, onde junto com seus sindicatos companheiros e o resto da pelegada inferniza a vida de quem deseja produzir, oneram a folha, puxam salários para baixo e assim criam, quando muito, empregos mal remunerados.

Outro absurdo é que o salário dos tais médicos não será pago diretamente a eles, mas à ditadura castrista que vai repassar às suas famílias (que, diga-se de passagem, vão ficar como reféns em Cuba) a quantia que bem entender. Resumindo, o dinheiro do SEU imposto será repassado a uma ditadura companheira.

Noves fora o fato do governo atropelar o processo de revalidação de diplomas, mais preocupado em encher o campo de militantes do MST que ganharam bolsas para estudar medicina em Cuba e de cubanos que farão, SIM, doutrinação ideológica tal qual fazem na Venezuela e na Bolívia, ainda tem o pior, que é o seguinte:

Desde junho, quando anunciou a desastrosa medida que foi prontamente reprovada pela opinião pública, o governo MENTE dizendo que não tem interesse em trazer médicos cubanos especificamente, frise-se bem esse detalhe.

O problema é que enquanto mentia, preparava essa vinda, por debaixo dos panos, sorrateiramente, na calada da noite, para apresentar, como apresentou, um fato consumado ao país.

Os tais médicos cubanos vem. Ponto. E já chegarão na semana que vem. Ponto. Quem não gostar que reclame com o bispo, isso enquanto não houver "controle social" das reclamações ao bispo.

Quando já estiverem aqui, quem vai mandá-los de volta? O estrago estará feito e é isso o que o PT mais quer, tornar isso algo irreversível.

Na Venezuela, agentes cubanos controlam a emissão de passaportes, agentes estrangeiros interrogam pessoas em nome do serviço secreto. Petróleo e o dinheiro do contribuinte são enviados à ilha prisão dos irmãos Castro como "pagamento" por estes serviços.

Lembra alguma coisa? Tudo começou com a chegada de médicos cubanos por lá, para trabalhar em "missões".

Tal qual acontece agora no Brasil, com essa decisão arbitrária tomada como manda a cartilha de uma proto-ditadura que está se tornando o governo do PT.

Proto-ditadura que conta com milícias nas ruas e na rede para perseguir e difamar adversários, que aparelha o Estado para estar presente em todos os lugares ao mesmo tempo, que solapa e desrespeita as leis para eleger seus postes e dois-de-paus, que não esconde de ninguém o desejo de se perpetuar no poder.

Essa "importação" de pessoas, trazidas para o país ao arrepio de leis, normas e conselhos profissionais, é só mais uma das provas de como o PT detesta a democracia.

Ela é apenas um empecilho para os seus planos.




0 Comentários