sexta-feira, 7 de março de 2014

Da série "As catacumbas de um cérebro baldio"

Negócios e dinheiro devem brotar do nada, mais ou menos como os fiéis da seita acham que brotam nos bolsos da companheirada.



0 Comentários