sexta-feira, 7 de março de 2014

Da série "As catacumbas de um cérebro baldio'

Porque um pobre será melhor do que um rico em tudo, afinal, não existe pobre mau-caráter, ladrão, sem-vergonha, mentiroso.

Veja o exemplo de um certo "presidente pobre", que deu logo um jeito de ficar milionário e arrumar a vida dos filhos, do resto da família, da companheirada e até da segunda-dama, Rosemary Noronha.



0 Comentários