quinta-feira, 5 de setembro de 2013

O duelo do "baixo nível" contra o "moleque leviano"

Assim pode ser classificado a briga em que o deputado Henrique Fontana (PT-RS) se envolveu pelo Twitter com o também deputado André Vargas (PT-PR), por conta de uma denúncia de Fontana acerca do misterioso aparecimento de 600 mil filiados no PT às vésperas da eleição para a presidência do partido.

Segundo o imbróglio, pelas regras da eleição petista, só poderão votar pessoas filiadas há pelo menos um ano e que estejam em dia com uma contribuição partidária, cujo valor mínimo é de R$ 10 por semestre.

Um "sinal claro de inchaço" que clama por "reforma política", segundo o deputado gaúcho. "Uma pessoa pagou para todo mundo e isso é voto de cabresto", afirmou.

Como podem ver, nem mesmo as regras do PT, criadas pelo próprio PT, os petistas parecem respeitar.

André Vargas, o mesmo que foi acusado pela revista Veja de custear com verbas de seu gabinete uma rede de difamação de adversários na internet, e que se comporta no Twitter como um desses trolls do partido (aquela coisa de "chupa tucanos!") e não como um parlamentar, resolveu que poderia chamar o companheiro de partido de "moleque leviano", "aquele que bate a carteira e desce a ladeira gritando pega ladrão", disse.

Usando o mesmo Twitter Fontana resolveu trocar tiros: "O baixo nível dos tweets postados pelo @andrevargas13 mostra sua falta de argumento e capacidade para debater com respeito e democracia".

A briga de lavadeiras prosseguiu ainda por um tempo e foi parar na imprensa com assessorias e os próprios disparando comunicados e declarações desaforadas.

Mas o curioso mesmo foi o bate-boca. Acostumados a ofender tucanos e o restante da oposição, a desqualificar quem destoa da cartilha do partido, os petistas mostraram que o "nível" de suas argumentações é esse mesmo, não importa de onde o interlocutor venha.

Essa é a essência do PT: autoritarismo, agressividade, desrespeito a quaisquer normas que "atrapalhem" seus objetivos, baixo nível e desprezo pela democracia e pela divergência.

O lado bom dessa história é ver o sujo atirando esterco no mal lavado e levando estrume de volta no meio da fuça.

Peguem as pipocas e divirtam-se.

Link da notícia: http://www1.folha.uol.com.br/poder/2013/09/1337236-petistas-batem-boca-na-internet-por-eleicao-interna-do-partido.shtml




0 Comentários