terça-feira, 20 de agosto de 2013

Lixo zero até quando? - Publicado originalmente em 20 de agosto de 2013

Sessenta e três pessoas são multadas no Centro do Rio no primeiro dia de aplicação da nova lei que pune quem joga lixo no chão.

Notícia sensacional, o bolso é e sempre foi o órgão mais sensível do corpo humano e, convenhamos, o Rio de Janeiro é um lixão a céu aberto e o carioca (o brasileiro em geral, melhor dizendo) se comporta como um suíno.

Mas quanto tempo será que isso dura? Será que a lei "pega" (vivemos num dos únicos lugares onde leis "pegam" ou não, ao invés de serem cumpridas)? Alguém duvida que daqui a pouco pode começar aquela história do guarda se aproximando do animal que acabou de jogar um papel no chão para dizer:

- Ó, essa multa é de R$157,00, que tal me dar vintinho e ir embora?

E mais, será que a prefeitura da cidade vai criar algum novo sistema de coleta que transforme radicalmente essa realidade de montanhas de lixos nas calçadas esperando para ser recolhidas por fétidos caminhões que andam pela rua espalhando chorume?

Não é possível que o melhor que se pode fazer é permitir que porteiros empilhem lixo na calçada e um caminhão que fede a 200 metros de distância vá lentamente recolhendo aquilo depois.

Sem contar que cidade limpa não é a que mais se varre, mas a que menos se suja, OK, só que algumas latas de lixo a mais espalhadas e menos promiscuidade no ambiente (camelôs, moleques de rua cheirando cola, alimentos vendidos sem a menor higiene, comércio de produtos pirata) também criariam um ambiente mais propício à aplicação de tal lei.

Mas torçamos, já que o que não dá é pra continuar vivendo nessas imensas pocilgas que são as cidades brasileiras e em especial o Rio de Janeiro.

Link da notícia: http://oglobo.globo.com/rio/sessenta-tres-pessoas-sao-multadas-por-jogar-lixo-no-chao-no-centro-do-rio-9619049#ixzz2cWjZufm9
0 Comentários