quarta-feira, 26 de março de 2014

Se puserem o governo para administrar o Deserto do Saara, em 5 anos faltará areia

A frase acima é de Milton Friedman e creio que jamais ficará desatualizada. 

Só um liberticida enrustido ou um palerma irrecuperável pode acreditar que o governo vai se meter em qualquer coisa para garantir alguma melhoria ou liberdade. 

Você tem uma área no meio do deserto, pessoas começam a se reunir ali e constroem uma praça, em seguida colocam umas árvores, improvisam um sistema de irrigação, instalam bancos e todos vão ali quando querem para falar dos assuntos que quiserem. 

 o governo resolve se meter, criar uma regulamentação para que "todos possam usar a praça livremente".

Quanto tempo até o Estado resolver dizer o que se pode ou não falar "livremente", quem pode sentar nos bancos e em que hora, cobrar uma taxa pela sombra e os frutos das árvores, dizer que o sistema de irrigação está em desacordo com alguma lei e finalmente cercar a praça?

O marco civil abre espaço para regulamentações futuras, onde o governo põe a mão, tolhe liberdades e iniciativas, um imbecil não percebe isso e um cretino deseja isso, enquanto repete que uma lei é necessária para te DAR uma liberdade que você já tem.

Aí porque teoricamente as "teles" - que são empresas privadas com concorrentes e que podem ser dispensadas pelo consumidor quando este bem entender- poderiam "dominar a internet", vamos resolver isso entregando para o CONTROLE ESTATAL, que é muito mais confiável, claro.
0 Comentários