quinta-feira, 3 de abril de 2014

A máfia gay

Que horror! Ele é contra o "casamento" gay e ainda OUSA dizer isso publicamente e apoiar pessoas que pensam como ele, merecia mesmo perder o emprego.
Onde é que já se viu? Daqui a pouco vão querer o que? Sair por aí dizendo que casamento é entre um homem e uma mulher?
Agora imaginem se uma empresa demite alguém por esta pessoa ser a favor do "casamento" gay? No mínimo a militância peroba ia exigir que mudasse a logomarca para uma cruz suástica.
Se meteu com a máfia gay, dançou.
Mas marxismo cultural é invenção de olavete.


0 Comentários