quarta-feira, 23 de abril de 2014

Da série "as catacumbas de um cérebro baldio"

EUA, operário, 3 mil dólares. 

Brasil, salário mínimo, 300 dólares. 

Realmente a desigualdade lá é terrível, melhor no Brasil onde todos são fudidos por igual, isso porque eu nem falei de Cuba.



0 Comentários