quarta-feira, 30 de abril de 2014

Da série "as catacumbas de um cérebro baldio"

Todos sabem que não há limite para a baixaria de petistas na internet. A tropa virtual do partido do mensalão é composta por dois dos piores tipos de pessoas que podem haver no mundo: puxa-sacos que dependem da demonstração constante de subserviência para viver e gente fracassada na vida que desconta suas invejas pessoais na sociedade para dar vazão à frustração de sua existência.

Tanto uns quanto outros não tem problema algum em despejar bile, fezes, abjeções e mais o que houver dentro de suas cabeças.

Uns dependem da continuidade do governo mais corrupto da história para mamar um pouco das sobras do leite que a nomenklatura joga para eles, outros querem apenas defecar na própria mão e jogar o conteúdo na platéia, com uma diferença brutal para macacos de zoológico, já que no caso de petistas as vezes saem do rascunho de cérebro que possuem.

Mas vamos prosseguir.

Não sou adepto da teoria do sofrimento pedagógico, detesto quem acredita nisso. Ninguém fica doente, pobre, leva um pé na bunda, é assaltado ou qualquer outra coisa para "aprender uma lição". Sofrimento não serve para melhorar e nem piorar ninguém.

Sendo assim já seria terrível alguém apelar para isso ao invés de atacar somente as idéias da pessoa, mas o que petistas de grosso calibre e mesmo aqueles equivalentes a um traque de pulga estão fazendo com a deputada Mara Gabrilli na internet desde que ela OUSOU denunciar que José Dirceu, o marginal condenado, está vivendo num flat com direito até a TV de plasma dentro do presídio da Papuda é de fazer corar até os mais calejados.

Coisas como "Deficiência d pernas tem cadeira d rodas..E pra deficiência do caráter?", "Foi a água sagrada que caiu da GOTEIRA e molhou a gloriosa deputada.", "Levanta-te, anda-te e acuse-me, mais uma vez sem provas! Disse ele ao proferir o milagre!" e a pérola "Nem cadeirante te faz um ser humano melhor, @maragabrilli! Tá fazendo o quê na Terra, venal?".

Detesto o politicamente correto, não sou adepto do vitimismo e sei que a deputada não se faz de vítima, mas a pergunta que qualquer cidadão normal, ou seja, que não tenha sido contaminado com essa doença degenerativa da moral que é o lulopetismo deve fazer é a seguinte: é esse tipo de gente que você quer dominando o país? São os patrões desse tipo de gente que você quer nos mais altos postos da República?

E esse desespero todo é porque a Incompetenta caiu alguns pontos na pesquisa, imaginem o que vem por aí se ela cair mais e chegar a ficar atrás de algum adversário.

O PT é o partido do ódio, do rancor, da inveja, da destruição, da divisão do país ao meio com cada metade odiando a outra. É por isso que merecem perder, nosso futuro não merece isso.

P.S.: vocês sabem que costumo apagar os nomes de quem aparece nessa série, mas esse tipo de gente merece e precisa ser exposta. Que recebam o tratamento que merecem.


(Clique na imagem para aumentar)

0 Comentários