terça-feira, 27 de maio de 2014

O que tinha pra ser roubado, já foi

Joana Havelange, neta do dito-cujo e filha de Ricardo Teixeira afirmou em sua conta do Instagram que "não vai torcer contra a copa", como se qualquer pessoa que reclame dos serviços horrorosos, do legado inexistente e dos gastos imorais do evento estivesse "torcendo contra".

Disse a inteligentíssima e brilhante filha do ex-capitão donatário da CBF e neta do ex-senhor-feudal da Fifa, que certamente progrediu profissionalmente e chegou à diretoria do COL (Comitê Organizador Local) pela sua competência incomparável e não por ter sido um espermatozoide que estava no lugar e na hora certas: "o que tinha de ser roubado, já foi, (...) Eu quero mais é que quem chegue de fora, veja um Brasil que sabe receber, que sabe ser gentil".

Nossa, fico bem mais tranquilo assim, sabendo que tudo o que tinham para pilhar do que eu pago em impostos já foi levado e agora só me resta relaxar, gozar e aproveitar o evento.

Que sorte que não vão querer roubar também as minhas cuecas ou o misto-quente que como no café da manhã.

P.S.: O que a Srta. Havelange disse não é muito diferente do que pensam o PT, os estafetas do PT na imprensa, os seus puxa-sacos nas redes sociais e todo o resto dos ladrões que lucraram um bocado com essa copa da roubalheira. Ela só foi menos cuidadosa com o que disse.


(Clique na imagem para ampliá-la)

0 Comentários