sexta-feira, 23 de maio de 2014

Política, estranha política

Durante uma sessão para discutir uma aberração chamada "lei da palmada", onde o Estado determina como os pais devem educar seus filhos, um deputado foi expulso de uma comissão do Congresso por mencionar para a XUXA (que estava lá para defender a lei) um filme que ela REALMENTE FEZ. Esse é o nível da esquizofrenia no Brasil.

E convenhamos, quando um debate sobre a criação de leis chega na XUXA, pode convocar um recall de todos os cérebros do país porque o negócio tá puxado.



0 Comentários