quarta-feira, 4 de junho de 2014

Obsessão pelo dinheiro dos outros

Um cara resolve fazer um gerador de "discurso coxinha". Quem visita a página dele do Facebook nota que se trata de um "progressista" (é petista mesmo, mas não vamos partir para o ad hominem e xingar o rapaz), bem humorado, brincalhão, espirituoso.

Já deve ter xingado muito o Danilo Gentili por fazer "piada de mau gosto, opressora, machista, fascista e homofóbica". Se nunca fez, leva jeito.

Mas isso não tem problema nenhum, parece que finalmente a raça mais sacaneada da face da terra, que é o esquerdopata molestado intelectualmente por professores marxistas, resolveu se levar menos a sério e ao invés de ficar chorando porque "reaças debocham deles" foram fazer algum humor também.

Mais um pouco e surge algum Delúbio Soares Zuero (cada um tem os heróis que merece).

Só que, para variar, o que será que a pessoa tem contra pagar pelas suas próprias coisas? Quer fazer um "coxinhator", faça. Quer disponibilizar a transcrição de todas as aulas da professora Chauí para consulta, faça. Quer fazer um corretor automático para textos do Emir Sader ou discursos do Lula, faça.

Mas PAGUE pelo servidor.

Usar um endereço eletrônico do Departamento de Ciência da Computação da Universidade Federal de Minas Gerais para isso é me fazer pagar também pela diversão do bruto na internet. Aí parece que começa a ser o caso do esquerdopata fazendo aquilo que todo esquerdopata se acha no direito de fazer desde o nascimento, que é gastar o dinheiro dos outros.

Não sei qual é a ligação do Edson, o autor da brincadeira, com o departamento, mas sei que a piadinha dele está hospedada no servidor de uma instituição federal. A UFMG permite qualquer um colocar algumas piadas lá também sobre qualquer corrente política ou se trata de algum tipo de clube que só pode fazer brincadeira com "coxinhas"?

E não, não estou "censurando". O objetivo jamais seria sequer pedir que tamanha "novidade" saia do ar. Apenas que o Edson use o seu dinheiro para isso.

Margaret Thatcher dizia que o socialismo acaba quando termina o dinheiro dos outros. Prove que ela estava errada, Edson! Não use o dinheiro que os coxinhas pagam de impostos para se divertir com seus amigos revolucionários.

Senão fica parecendo que você é incoerente, imagina, um esquerdista incoerente. Acho que seria o primeiro em toda a história do mundo.


(Clique na imagem para ampliá-la)

0 Comentários