quinta-feira, 5 de junho de 2014

País, estranho país

Ex-modelo, ex-namorada do Pelé, ex-coelhinha da Playboy, ex-atriz de filme pornô softcore, ex-apresentadora de péssimos programas infantis, ex-cantora de músicas ruins, ex-atriz de péssimos filmes, ex-namorada do Luciano Szafir, atual defensora de animais e mãe da Sasha.

NUNCA se candidatou, NUNCA pediu votos, NUNCA foi eleita para NADA, mas ficou vagando pelo Congresso como um encosto de Ilariê fazendo lobby para uma lei ridícula que entra na casa das pessoas para ensinar a elas como criar os seus filhos. E o pior: conseguiu.

Tal como nos tempos onde era onipresente na TV e nas festas infantis, ela volta para invadir as nossas casas e assombrar a criação dos nossos filhos.

Um país onde uma XUXA faz pressão e consegue aprovar uma lei que se mete na vida das pessoas só pode ser o mesmo país onde um RENAN CALHEIROS ou uma MARIA DO ROSÁRIO são parlamentares.

Uma celebridade que nunca foi eleita para nada acompanhada de um monte de nulidades e prontuários que jamais deveriam ter sido eleitos para nada fazendo e votando leis.

Tá na hora, tá na hora, tá na hora de fechar esse país. Não deu certo, aceitem esse fato. Ô, ô, ô.

Link da notícia: http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2014-06-04/senado-aprova-lei-da-palmada-agora-rebatizada-de-menino-bernardo.html


0 Comentários