quinta-feira, 5 de junho de 2014

Se Osama viesse pro Brasil, dava samba

Se você tinha alguma dúvida do porque o Brasil não ter dado certo, aí está uma boa pista. 

Não esqueça de mandar seu agradecimento para a Secretaria de "Direitos Humanos", para a Maria do Rosário, para a Benedita da Silva, para a Ideli Salvatti, para a Erika Kokay (a ex-empregadora do Rodrigo "Pilha", o petista que agrediu Joaquim Barbosa na rua), para o Jean Wyllys, a Jandira Feghali (a censora da Rachel Sheherazade), para as ONGs e "movimentos sociais".

O Brasil está essa maravilha (mais violência do que países em guerra) por causa do desarmamento, da favelização, da maioridade penal, da leniência com marginais, enfim, do belíssimo trabalho de toda essa gente a favor do "bem".

Sorte que a Al Qaeda não atacou o Brasil, senão ao invés de matar o sarnento seria capaz de já termos oferecido até asilo ao Osama bin Laden. O terrorista Cesare Battisti está aí para não me deixar mentir.



0 Comentários