quinta-feira, 31 de julho de 2014

Da série "as catacumbas de um cérebro baldio"

"F*-se capitalismo, f*-se burguês, f*-se economia".

Só faltou completar: não sei mesmo quem paga esse computador/smartphone, essa internet banda larga e muito menos o papel higiênico que uso para limpar o conteúdo que sai da minha cabeça e de outros locais do corpo, dane-se, tomara que os índios ferrem com tudo, se não mexerem no meu Playstation e no meu Toddynho está bom.



0 Comentários