quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Livre mercado bolivariano

Consumidora venezuelana exercendo seu direito de escolha entre a prateleira vazia, a prateleira com nada ou a prateleira cheia de coisa nenhuma.


0 Comentários