terça-feira, 30 de setembro de 2014

Não é um "discurso de ódio" só porque você odeia o discurso

Dica: não é um "discurso de ódio" só porque VOCÊ odeia o discurso.

O pessoal da esquerda adora tanto um Estado babá que começa a tratar todo mundo como um bando de palermas, daí aquelas explicaçõezinhas cretinas no estilo "ser a favor do 'casamento' não quer dizer que você será obrigado a 'casar' com um gay", entre outras.

No entanto, essa gente tão inteligente que precisa "fingir que desce ao nível dos outros" para "explicar" algo, não consegue nem mesmo aplicar um raciocínio tão rudimentar quanto esse nas questões que são suas bandeiras.

Quer um exemplo?

Os cheiradores de meia molhada cismaram que dizer que é contra o "casamento" gay é "homofobia" ou que a pessoa dizer que "não gosta de gays" ou "não aprova o estilo de vida" é "estimular o assassinato de gays".

A nova moda (eles aprendem umas expressões novas de vez em quando e começam a repeti-las até fiquem tão batidas quanto "fascista") é "discurso de ódio", que seus cérebros baldios confundem com "um discurso que ELES odeiam".

Discurso de ódio é dizer CLARAMENTE "gays são uma doença e vocês devem ir às ruas e matar todos!". Dizer algo como "prefiro não ter gays perto de mim" é mera opção pessoal e desde que não interfira em direitos constitucionais das pessoas, dá no mesmo que dizer "prefiro gays dentro de mim".

Logo, não é discurso de ódio, é SIM, opinião, ainda vocês não queiram que seja só pelo fato de não gostarem de tal opinião.

Mas usando esses exemplos que tratam o interlocutor como um imbecil, o que no caso de dialogar com o politicamente correto é totalmente acertado, explico: dizer que não gosta de um gay não é homofobia, assim como alguém dizer que não gosta de empadinha não significa que a pessoa vá sair por aí matando empadinhas.

Não quer comer, não coma. Quer comer, coma. Mas não encha o saco dos outros querendo OBRIGAR as pessoas a gostar de algo ou então se CALAREM, porque amanhã quem pode ser calado à força é você, seu merda.
0 Comentários