sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Que vergonha, ESPN

Qualquer agressão, ameaça ou dano moral que essa torcedora do Grêmio sofra tem um único responsável: a imprensa brasileira na figura da ESPN Brasil, esse canal que resolveu levar o esquerdopatismo até para o esporte.

Já houve o caso do José Trajano com o Reinaldo Azevedo, agora essa exposição contínua do rosto da única mulher branca que estava ali junto com vários homens, muitos deles pretos tal qual o goleiro do Santos, para transformar a "branquela" em exemplo.

Essa mesma escória que agora xinga e ameaça a torcedora, outro dia estava aí falando mal da Rachel Sheherazade porque ela disse que compreendia quem bate num marginal. Essa mesma gente estava por aí, calada, enquanto militantes do PT chamavam Joaquim Barbosa de macaco e "negro vadio".

Hoje a moça foi para a TV, aos prantos, se oferecer ao chicote dos "justos". Sua vida de cabeça pra baixo, sua família amedrontada, tudo por quê?

Simples: porque cometeu o "crime" errado. Confundiu aranha com macaco.

Tivesse roubado, matado, estuprado, estivesse nas ruas vendendo e usando drogas, talvez até a Maria do Rosário aparecesse para dar um abraço nela. As ONGs a adotariam, os seus "direitos humanos" seriam sagrados.

Mas não, ela foi mexer com um dos lobbies mais atuantes que existe hoje, que é o dos demagogos raciais, abrigado na cloaca do politicamente correto.

E toda vez que você pensa que esse caso passou dos limites, novo limite é criado para que o teatro do absurdo assista mais um ato de sua ópera bufa.

ESPN: que vergonha, que lixo. Que país é esse?


0 Comentários