sábado, 1 de novembro de 2014

Deixem que a luz do sol caia sobre esse sistema eleitoral brasileiro

Daquelas dúvidas que geram mais dúvidas: se o país inteiro precisava esperar até as 20:00 pelo Acre, como é que o petista que tem opinião sobre tudo menos sobre o caso Celso Daniel já sabia do resultado as 19:26?

Quanto mais sobe o berreiro contra a auditoria, mais suspeitas surgem. Notem, para esse ano talvez não dê em nada, porque o sistema é feito para não pegar eventuais "falhas", mas que se mude tudo para 2018, inclusive com o voto impresso para eventual recontagem.

Aí nós vamos ver quem é forte mesmo em certas regiões ou se andam aplicando o coeficiente "cada cidadão vale um voto, a menos que vote em certo partido, aí cada cidadão pode valer até uns 400 ou 500 votos.".

O eleitor tem o direito de saber para onde foi seu voto.



0 Comentários