quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Primeiro pronunciamento de Aécio Neves no Senado após a eleição de 2014


Aécio Neves falou na tribuna do Senado esta tarde. Se você não ouviu, convém procurar, já deve estar disponível no YouTube, mas certamente você lerá bastante a respeito, análises feitas nos pormenores e os habituais deboches e baixarias do PT, que se especializou em abrir mão de ser um partido para se tornar um péssimo programa de humor.

Estava no Twitter durante o pronunciamento e alguns apartes finais e fiz alguns pequenos comentários que compartilho agora aqui com vocês.

- Oposição construtiva é aquela que destruir o PT.

- Aécio está na tribuna do Senado dando uma surra de toalha molhada na Capivara e sua quadrilha. Que não pare por aí.

- Aécio está dando o tom: oposição é oposição. Não tem conversa, não tem acordo, não tem pacto com a mentira. E o PT é a mentira.

- Pela cara de pavor do petralha Paulo Paim ouvindo o Aécio, é bom que ele esteja de fralda, porque senão vai deixar ruma no plenário.

- Aécio: ao me ofender, ao ofender a oposição chamando de racista, machista, etc., o PT ofende 51 milhões de brasileiros. É sem trégua.

- Se o discurso do Aécio se traduzir em ação, podemos dizer que hoje o Brasil é um país que tem oposição, ainda que não tenha governo.

- Magno Malta: minha referência é barbudo mas não usava boina vermelha, porque é Jesus. E Jesus livrou Aécio de administrar um país quebrado.

- Magno Malta: o PT vai ter que administrar a quebradeira que criou e não colocar a culpa no Aécio. Vão sofrer a colheita que plantaram.

- Aécio chora ao ouvir Magno Malta falar da família, esta instituição que o PT ODEIA. O PT é inimigo da família.

- Humberto Costa, DEMAGOGO, tenta dizer que "todos fizeram campanha suja". Não, SUJOS são SÓ VOCÊS.

- Humberto Costa pedindo ARREGO e querendo "desmontar os palanques", quer "acordo". Não, NÃO TEM ARREGO. Agora aguenta.

- Aécio para Humberto Costa: nós defendemos tanto a democracia que, ao contrário do seu partido, não queremos CENSURAR a imprensa. TOMA.

- Aécio parece ter entendido que se não derrotar o PT, o PT derrota o país. Não tem acordo, é guerra.

- O PT está acuado, tem um caos para administrar e não possui competência para isso.Vai atacar, mas é um zumbi político, é só cortar a cabeça.

- Hoje o PT pode ter ganhado uma oposição de verdade. Se com três meses de campanha quase perdem, agora nem "fazer o diabo" vai adiantar.

- Os office-boys do petismo vão negar, mas hoje a corte dos macunaímas tremeu. Nunca tiveram oposição à sua cleptocracia, agora terão.

- É fácil pregar no PT a pecha de partido da mentira, ajuntamento de psicopatas degenerados capazes de tudo pelo poder. É a verdade mesmo.

- Os atuais petistas queriam DITADURA a la cubana, tocaram o terror e FUGIRAM do país, Tancredo ficou e trabalhou pela democracia.

- "Só na diretoria de Paulo Roberto Costa o PT e o PP embolsaram R$ 1,5 bi". - E vão dizer que impeachment é golpe? Esse governo TEM QUE CAIR.

- Petista é aquele tipo de gente que consegue sentir raiva, destempero e ressentimento até na vitória.

Foi isso. Agora é do jeito que os petistas queriam, nós contra eles. Dividiram o Brasil e precisam arcar com as consequências do que fizeram. Essa divisão não precisa ser meio a meio, basta traçar uma linha no chão e dizer: deste lado está o Brasil que presta, do outro está o PT. E mostrar aos enganados pelo partido que o seu lugar não é ao lado dos sequestradores da ética, da moral e da consciência nacional. Não é ao lado de quem promove campanhas sujas, assassina reputações e "faz o diabo" pelo poder.

O PT é o inimigo da democracia, cabe aos que desejam continuar livres dar ao partido o tratamento que ele merece. Não tem diálogo, não tem conversa. E o único acordo possível é aquele onde o PT vá para fora do governo.
0 Comentários