terça-feira, 11 de novembro de 2014

Tem xerife novo na cidade


O PT já age para esfriar as investigações do petrolão. E isso porque o STF ainda não recebeu a nomeação para a vaga de Joaquim Barbosa, nomeação que promete ser tão "isenta" que a luta está entre o Advogado-Geral da União que atua nas horas não vagas como advogado de defesa informal da Graça Foster, o ministro da Justiça e antes de tudo petista José Eduardo Cardozo e o atual presidente da OAB, a UNE de terno ou o MST com sapato de cromo alemão, você decide.

Só que o PT não contava com algo muito, muito sério e que as pessoas não estão prestando a devida atenção. A alardeada entrada da Petrobras no mercado de ações de Nova York colocou a empresa sob a jurisdição de um país que não tem cortes bolivarianas, rábulas chicaneiros contratados a peso de ouro e nem embargos dos embargos dos embargos.

Os americanos já começaram a investigar a roubalheira na empresa e uma das consequências foi a demissão de Sérgio Machado da presidência da Transpetro, por exigência da firma de auditoria daquele país.

O departamento de justiça e a SEC (Securities Exchange Commission) querem investigar pagamentos de propina e outras traficâncias na mastodôntica e inchada estatal brasileira para saber se houve violação do FCPA (Foreign Corrupt Practices Act), conjunto de regras que visam combater a corrupção em empresas estrangeiras que negociam ações em bolsas de valores daquele país.

Os advogados ouvidos pelo Financial Times disseram que a investigação deve mirar na contabilidade da Petrossauro e seus controles internos. Caso se constatem irregularidades, pode haver responsabilização civil e criminal.

Ou seja, pode ser que de nada adiante colocar 10 togas companheiras no STF, manietar a polícia federal ou dizer que "não sabia de nada", porque dependendo do que os americanos apurarem, Dilma corre o risco de só entrar nos EUA pra falar bobagens desconexas e menores na Assembléia Geral da ONU e voltar correndo para o Brasil, sem poder nem dar seu pulinho na Quinta Avenida para fazer compras. Caso contrário, de novo, dependendo do que a justiça americana apurar e decidir, pode ser presa e ganhar uma tornozeleira eletrônica fashion de brinde.

Lula é outro que está na mira já que era presidente na época do início da bandalheira, mas esse nem vai notar a diferença, já que esteja de terno Armani ou vestindo um macacão laranja, a finesse é a mesma.


Tem xerife novo na cidade, é melhor que os velhos bandoleiros coloquem as barbas de molho.
0 Comentários