segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Democracia e higiene pessoal

(Clique na foto para ampliá-la)

Pedindo punição para os "crimes da ditadura", manifestantes fecham rodovia em São Paulo. 

O que dizer dessa gente que mal conheço e já considero tão pouco? Nem vou mencionar que eles sempre esquecem de pedir punição para os crimes dos "revolucionários" que lutaram contra a ditadura para implantar uma outra ditadura, porque isso todo mundo já sabe. A indignação dessa gente é seletiva e a memória só é boa quando interessa.

Até mesmo para lembrar de fatos que estão acontecendo agora - e não quando cada um destes jovenzinhos ainda era um espermatozoide - mas curiosamente não merecem sequer uma lembrança da turma do "levante".

Petrolão? Nem pensar, aquilo ali foi obra de tucanos neoliberais que obrigaram petistas sob a mira de armas a pilhar e quebrar a Petrobras para depois "entregar" para os estadunidenses. Roubalheira nas demais estatais, obras superfaturadas, governo que só se movimenta na hora de fazer campanha eleitoral? Fala sério, protestar contra isso é coisa de coxinha.

Inflação, impostos escorchantes, violência (na "ditadura" morreram 434 pessoas em 20 anos, na "democracia" governada pelo PT morrem 155 pessoas por dia), péssima educação (acha que a turma do "levante" que "tá com Maduro" é fruto de quê, de boa educação?), falta até de saneamento básico? Nada! Importante mesmo é punir uns generais de pijama que passaram do limite enquanto impediam o Brasil de virar Cuba.

Aliás, falando em Cuba, o que será que eles pensam da ilha prisão dos irmãos Castro? Ou de um opositor como o venezuelano Leopoldo Lopez estar preso desde fevereiro de 2014 por ter feito um discurso contra o governo? Ou da deputada Maria Corina Machado ter apanhado de chavistas em plenário, ter seu mandato cassado sumariamente por falar contra o governo e agora ser acusada de conspiração para cometer assassinato baseado em emails que o Google já declarou serem falsos?

Nada demais, claro! Para a esquerda debiloide e cretina tão bem representada pelo "levante da juventude" ditadura atualmente só existe mesmo nos Estados Unidos, em Israel e em São Paulo, onde os tucanos até esconderam a água só para atrapalhar a ciclo-prefeitura do Haddad.

Aliás, nem sei porque falam tanto em falta d'água, quando nenhuma mísera criatura que frequenta essas algaravias de esquerda aparenta curtir mais do que um banho por quinzena.

Pelo visto gostam tanto de democracia quanto da própria higiene pessoal.
0 Comentários