quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Para ficar uma cópia perfeita só falta a guilhotina no final


O rei e a rainha vivendo no mundo da fantasia, a corte esbanjando como se não houvesse amanhã, festas, banquetes e convescotes diários, compras de artigos do bom e do melhor para as cozinhas palacianas. bebidas caras, gente usando escolta policial paga pelo cidadão para fazer seu cooper diário, carros com motoristas, áulicos paparicando e puxando o saco dos poderosos acima e sendo paparicados e tendo os sacos puxados pelos menos poderosos abaixo.

Todas as discussões giram em torno de como roubar mais, arrecadar mais, livrar a cara de comparsas e atender os interesses da corte que aumenta o próprio salário quando bem entende enquanto achata o resto do povo, jatinhos, lanchas, iates, os príncipes (filhos da nobreza) fazendo negócios desde a tenra idade, sendo preparados para herdar o butim, resorts, ninguém demonstrando a menor preocupação em pelo menos disfarçar a bonança enquanto avisa ao cidadão que este vai ter que "sofrer", "apertar cintos", "pagar mais", "dar sua parte".

Hoje li a melhor definição desse governo do PT: é a corte francesa pré-revolução.

Os 12 anos do reinado da mediocridade perdulária, indo para 16.
0 Comentários