domingo, 25 de janeiro de 2015

Da série "as catacumbas de um cérebro baldio"

Paulo Nogueira, do DCM, é um desses caras que jamais deixam um caçador de cretinices voltar para casa de mãos vazias. 

Deu para comparar José Dirceu a Mario Balotelli, afirmando que o corrupto petista é tão perseguido - injustamente, na visão do militante - quanto o craque italiano.

Vamos ser claros: Dirceu só poderia competir com Balotelli no quesito roubadas de bola (nesse caso boladas).

Mas a comparação tosca é esperada, afinal nesses dias de tarifaço, impostaço e arrochaço - fora o petrolão - os lacaios do PT andam com um desarranjo mental ainda pior.

Por isso não espanta que um defensor de mensaleiro também esteja por aí propagando a tese do "controle financeiro da mídia". O que petralhas como esse querem, mas não ousam confessar, é que o partido do mensalão use o SEU dinheiro tomado em impostos para promover um garrote econômico, implantar a censura e decidir o que você pode ou não pode ler.

Alguém precisa avisar a essa gente que ainda que o PT esteja infestando todas as esferas do governo, atrasando e quebrando o país para enriquecer seus bandidos, estafetas e puxa-sacos, esse dinheiro não é deles e a única regulação que deveria haver é a da tendência patológica que a companheirada sofre de subtrair o dinheiro dos outros.

"Farra" não são empresas de comunicação decidindo livremente quem contratam e qual a sua linha editorial, farra é me roubarem e ainda usarem o meu dinheiro para me fazer de idiota.
0 Comentários