segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Desastres e popularidade

A popularidade do presidente François Hollande subiu após ataques terroristas na França. Os gênios do PT já devem estar pensando em importar algo do tipo para cá, o problema é que ficaria muito na pinta, já que a Veja teria que fazer o papel de Charlie Hebdo e a religião antro de malucos só poderia ser mesmo o lulopetismo.

Aliás, tenho uma teoria sobre esse aumento de popularidade dos governantes que geralmente segue tsunamis, terremotos e atentados terroristas: um desastre recente faz a população esquecer o desastre mais antigo.
0 Comentários