terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Os manda-chuvas


Fica combinado assim: Lula mandou a Petrobras bancar o batuque das escolas de samba, não podia, mas ele mandou e fizeram do mesmo jeito, Lula colocou a Dilma nas Minas e Energia, no Conselho de Administração da Petrobras, depois na Casa Civil, depois mandou e toda a seita obrou - com a prestimosa ajuda das campanhas sujas do João Santana - até que elegeu e reelegeu o poste, que mandou colocarem a Graça Foster na presidência da Petrobras.


Fora isso Lula mandava em Dirceu, Genoíno, João Paulo Cunha e Delúbio Soares, os que ele não mandava o mensalão e depois o petrolão deram um jeito de comprar a obediência.
E tem mais: não se tira ou bota (eles preferem tirar, mas deixa isso pra lá) nem um clip de papel no PT sem ordem expressa do Lula, o mesmo Lula que agora finge um desentendimentozinho com sua criatura, Dilma, para criar a brasileiríssima figura do partido do governo que faz oposição ao governo do partido, tudo com a ajuda da imprensa, que se não ajudar não ganha verba oficial, como já avisou Dilma logo após a campanha mandando cortar a grana da Veja só porque ela não se comportou como a Caros Amigos.


Encurtando essa barafunda: Lula manda em todo mundo, Dilma também manda em todo mundo, menos no Lula, que manda nela, mas curiosamente eles não mandam no que subordinados fazem - e por subordinado entenda-se todos no governo, desde os ministros que levam pito em público até os companheiros que servem cafezinho - justamente quando isso envolve:

1) Casos de polícia.

2) Empresas de fachada superfaturando contratos em estatais.

3) Empresas que não são de fachada fazendo o mesmo.

4) Risco de parar na cadeia.

5) Subtração de numerário que depois aparece na conta do partido.

6) Acareações.

7) Inquéritos.

8) CPIs

9) Imóveis e empresas em nome de parentes.

10) Possibilidade de impeachment ou cassação.

Nesse caso eles não sabem de nada e até o companheiro do cafezinho manda mais do que eles.

Se você é pago para fingir que acredita nisso eu não te respeito, mas te entendo. Agora se você não leva um para carregar o estandarte do bloco dos cafajestes, então não te entendo e muito menos te respeito, porque a burrice voluntária não é perdoável.
0 Comentários