terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Ao marqueteiro da oposição


O deputado pernambucano Bruno Araújo causou comoção no plenário da Câmara e nas redes sociais essa semana. O que ele fez? Simplesmente reproduziu um dos (muitos) pronunciamentos mentirosos de Dilma Rousseff durante os anos de 2013 e 2014.

Neste especificamente ela garantia que a crise energética (que existe) não existiria, que a conta de luz (que subiu) não subiria e que o Brasil maravilha estava prestes a bafejar no cangote dos americanos para tomar o posto de maior potência econômica mundial.

Enquanto a gravação - que a história e os fatos transformaram em prova da capacidade de "fazer o diabo para vencer" do PT - era reproduzida, deputados do partido davam faniquitos, pedindo que o microfone fosse cortado, provando que até os membros da seita são capazes de sentir vergonha se não estiverem escondidos em alguma sala fechada junto com algum marqueteiro arquitetando suas campanhas sujas e o assassinato de reputações de adversários.

Dilma quebrou o Brasil gastando o que não tinha para se manter num cargo para o qual não tem a menor aptidão e nem mesmo o menor prazer em exercer. Permitiu que em seu nome as maiores sujeiras e abominações fossem ditas e praticadas para garantir que a companheirada mantivesse seus cargos. E a conta, como sempre, fica para o cidadão, que já está sofrendo na pele o confisco petista sob forma de alta em impostos, taxas e preços.

A infâmia que se passou em 2014 jamais será esquecida por quem tem vergonha na cara, mas como este não é o forte do brasileiro - que lota uma avenida para andar atrás de uma nulidade como a Preta Gil num bloco carnavalesco, mas não enche uma praça para enxotar os ladrões do PT de Brasília - convém que a oposição relembre a baixaria que foi cometida para manter essa vergonha de topete e terninho na presidência.

Vamos ver se a oposição vai aparecer de novo com alguma "teoria do sangramento" que não serve nem para botar medo em absorvente íntimo ou se vai partir para cima, deixando de uma vez por todas de tentar dançar minueto com canalhas que só conhecem a boquinha da garrafa.

Se for esperta, a oposição - PSDB, DEM, PSB e demais siglas - vai pegar TODAS as falas e propagandas mentirosas e abjetas de Dilma Rousseff e colocar nos seus programas nacionais de TV. Coloquem ali as baixarias contra Marina Silva, as calúnias contra Aécio Neves, a imagem de Lula visivelmente alterado em cima de um palanque chamando adversários de canalhas, viciados em drogas, espancadores de esposa (logo ele, que respeita tanto a sua que instalou uma "amiga íntima" fazendo falcatruas num escritório fajuto da presidência).

Coloquem imagens de debates onde a governanta afirmava entre gaguejadas e anacolutos que "Armínio Fraga iria arrochar o trabalhador", que Aécio "iria mexer em direitos trabalhistas" e que "os outros plantavam inflação para colher juros".

Só isso, mais nada.

Não precisa nenhuma voz em off explicando qualquer coisa e nem legenda. Apenas Dilma sendo Dilma e o PT sendo PT. 

Se até eles são capazes de sentir vergonha do que são e do que fizeram quando expostos à luz do sol, imagine quem se deixou enganar por este bando.
0 Comentários