quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

E a OAB?


Se antes o clube-sindicato-grêmio-recreativo-unidos-do-direito parecia apenas linha auxiliar do PT, a nota que emitiu durante o carnaval (e a folia do governo tentando melar a operação lava-jato) defendendo o encontro obscuro (e aparentemente extra-oficial) dos advogados das empreiteiras corruptas com o ministro da justiça (que ainda segundo denúncias trabalha ferozmente para inviabilizar a responsabilização dos criminosos que assaltaram a Petrobras) a rebaixou para o status de blog progressista.
Daqui a pouco periga a OAB afirma que é direito do advogado coagir testemunha, queimar arquivo, passar a mão na bunda do guarda e entrar num presídio com um serrote escondido no pão.

Exagero, claro, mas vai que.
0 Comentários