domingo, 22 de fevereiro de 2015

Impeachment virou lucro



Caso se confirmem essas denúncias de obstrução da justiça e fosse o Brasil um país sério, deveria ser decretada imediatamente a prisão preventiva do Lula, porque não existe razão plausível para alguém que esteja coagindo testemunhas e fazendo pressão sobre agentes públicos continuar solto atrapalhando um processo que pode terminar punindo o maior esquema de roubalheira deste país desde - como petista adora dizer - "500 anos atrás".
E digo mais: caso isso tudo que tem saído na imprensa se confirme mesmo, como Pasadena, Abreu e Lima e dinheiro sujo alimentando campanhas eleitorais, Dilma não merece impeachment, merece impeachment e cadeia. Assim como todos os petistas que se aproveitaram do assalto ao país para enriquecer e custear suas campanhas.

Não tem nada demais dizer isso, porque se tais crimes forem provados, não é mais questão de legitimidade para governar, mas de total impossibilidade de conviver em sociedade.

Lula deve ser processado e o PT ter seu registro cassado. Isso não é "golpe", é lei. O que este processo parece demonstrar é que não estamos diante de uma agremiação política, mas de uma organização mafiosa. Que os honestos saiam e fundem outro partido, se quiserem, ou entrem em algum que já existe. Nem imagino quantos sejam, mas acredito que ainda existam.
Se a revista Veja não tivesse denunciado essa operação mela-a-lava-jato (bypass no juiz Sérgio Moro para as empreiteiras pagarem multas e todo mundo se safar), ia ter muito advogado administrativo por aí hoje só esperando para ganhar uma cadeira no STF como prêmio.
A tara por "controle da mídia" não tem outra razão de ser: desviar, roubar, embolsar, enganar, mentir, abafar e ninguém poder denunciar.
Finalizando: ficou em casa sem programa para este final de semana? Não queria te falar nada, mas tem dedo do FHC nisso.
0 Comentários