segunda-feira, 31 de agosto de 2015

A maior qualidade de Dilma é não ter qualidade nenhuma



Dilma Rousseff é, para todos os efeitos, a pior presidente da história do país. Taxas de crescimento, desemprego, queda da produção industrial, iminente perda do grau de investimento, infra-estrutura sucateada e superfaturada, governo inchado de parasitas que sugam todo o dinheiro do pagador de impostos. Não faltam dados desastrosos para provar como a ex-presidente em exercício pilota um Titanic.

O problema é que estamos dentro do navio e a orquestra não quer saber de nada, toca até baião em troca de mortadela.

E nem é só isso. Se há - e há - uma crise econômica sem precedentes, há também uma crise política que parece uma bomba prestes a estourar. Se a articulação do governo no Congresso fosse entregue ao ISIS, os terroristas seguidores de Maomé cortariam todas as cabeças e resolveriam o problema.

Se fosse entregue aos Trapalhões, a crise acabaria matando todos de rir. Só que Dilma não é corajosa - ao contrário do que o mito criado em torno do seu tempo como terrorista quer fazer os outros pensarem - e nem engraçada. É apenas uma péssima governante que não tem aptidão para a política. 

Essa que é a comandante do Titanic não gosta de navios, sente enjôo no mar, não entende nada de ventos ou tempestades, dorme se tentar ler uma carta de navegação e só pega num timão se for para bater com ele na cabeça de algum subordinado.

Alguns políticos são ótimos gerentes, outros são carismáticos, alguns possuem as duas características e por isso entram para a história. Dilma entrará para a história por não possuir nenhuma delas.

Mas mesmo assim, mesmo não servindo para sorrir para os eleitores, mesmo sem conseguir contar piadas e casos sem que pareça que ela está tendo um ataque, mesmo não prestando para planejar e executar nada, ou seja, mesmo sendo uma toupeira, a sua boçalidade é o melhor que poderia acontecer para o Brasil.

Porque, para o país, a maior qualidade da Dilma é ser uma toupeira. Imagine você uma incompetente, mitômana e autoritária como ela se ainda por cima fosse inteligente.

A maior obra de Dilma é a implosão do lulopetismo. Devemos esse agradecimento á ela.
0 Comentários