sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Como derrotar o PT?

O que fazer para derrotar o PT?
Bom, pra começar me deixa te dizer que não há motivo para desânimo só porque, a despeito da péssima situação econômica do país e das denúncias de roubalheiras bilionárias, ainda exista gente que defenda o PT.
Tudo se compra, inclusive apoios sinceros e não custa lembrar que ainda hoje tem gente que defende o nazismo, o fascismo e o comunismo, logo não seria o lulopetismo que deixaria de ter seus fanáticos, alugados ou não.
Se até Charles Manson angariou seguidores, qualquer um pode. A diferença é que Manson não teve intelectuais da USP, artistas do Leblon, para chegar ao poder central do seu país e nem mensalões, petrolões e depois ministros do STF para financiar, estatizar e garantir a massificação da sua seita.
Diante disso você tem duas opões: se juntar à família Manson de macacão ou tomar atitudes contra ela. Ficar em casa, não fazer nada e dizer que não tem nada com isso equivale à se juntar à gangue, só que sem as benesses.
A oposição venezuelana enfrentou e enfrenta uma situação mil vezes pior. Lá fazer oposição é crime. Há pessoas encarceradas por fazer discursos contra o governo, por participarem de protestos e, atenção, tem gente presa e processada porque vaiou a esposa de Diosdado Cabello, um cruzamento de gorila com tiranossauro rex que é o segundo na hierarquia do chavismo.
Lá não há horário eleitoral, a imprensa é toda censurada e/ou comprada literalmente, vozes dissonantes são perseguidas, presas, exiladas, a polícia tem autorização para atirar com munição letal em opositores e os Sérgios Moros do país foram todos destituídos e presos.
Se a democracia brasileira está num buraco com esse congresso vendido e uma suprema corte composta por tarefeiros do petismo, a democracia na Venezuela sofreu algo bem semelhante à queda de Gandalf.
Ainda assim, com toda a fraude e abuso da máquina, o chavismo perdeu a última eleição.
Há que se unir, todos, há que se fazer oposição total e sem pausa e há que se oferecer alternativas e planos para o dia seguinte do fim do petismo.
A economia está mal, mas como Dilma - o fenômeno das finanças que nos colocou nessa situação - acha que sabe tudo, provavelmente ainda vai piorar.
Isso quer dizer que mesmo se Barrosos et caterva, mesmo se Renans et escumalha, mesmo se PCs do B et vassalagem conseguirem golpear as leis e manter Dilma Rousseff no cargo até 2018, ela chegará lá em situação igual ou pior do que Sarney em 1989.
Resta ao Brasil não permitir que a história se repita como comédia e um outro salvador da pátria apareça para recomeçar tudo de novo.
Depende também de você.
0 Comentários