quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Prepare os botes ou estoque gasolina para fugir para a Argentina com a família numa Kombi


(Clique na imagem para ampliá-la)

Prepare os botes ou estoque gasolina para fugir para a Argentina com a família numa Kombi.

O site de uma empresa de turismo passou recentemente a informar aos seus clientes que os preços dos pacotes sofrerão aumentos além da variação do dólar. O motivo? Uma medida provisória do governo que vai criar uma "nova hipótese de tributação" sobre viagens ao exterior.

Mas afinal, quem pode reclamar disso? Só coxinha que vai para Miami comprar na Apple Store ou então grã-finos que vão para a Europa renovar o estoque de panelas Le Creuset para bater na varanda gourmet.

Tirando isso tudo vai quase tão bem quanto para a corriola que assalta o país e viaja com a Dilma para o exterior em comitivas dignas de um rajá indiano às custas do pagador de impostos.

O problema é que se você sair do circuito João Santana-José de Abreu-Paulo Henrique Amorim-Chico Buarque, o país te dá um tapa de realidade na cara em cada esquina.

O filho do pobre já esqueceu o sonho de fazer mestrado lá fora e a empregada está enrolada com o rotativo do cartão para pagar a viagem de avião e o pior de tudo é que quando a classe C voltar para a D, vai descobrir que está mais caro viver nela do que era a B há uns anos.

Ando pelas ruas e vejo que algumas lanchonetes "bunda de fora", dessas que você come em pé no balcão, já nem se preocupam mais em pintar a tabela de preços. A coisa sobe tanto que eles vão colando uns papeluchos ali com a cotação do dia da empadinha ou do joelho.

E o carrinho da sopa? Isso mesmo, esses carrinhos que vendem sopa, mocotó e angu nas esquinas. Passei por um deles que também já avisou: a partir de agora é 9 reais o pote grande. Pra quê mais? A Dilma não perdoa ninguém e ainda cuida da sua forma, te obrigando a comer menos.

Na TV um telejornal anuncia que já faltam produtos nas prateleiras. Outro telejornal avisa que o petróleo no mundo só cai enquanto aqui a gasolina só sobe (afinal você precisa pagar o rombo). Chove sem parar há alguns dias e o consumo de energia cai em todas as regiões, mas a sua conta continua com a bandeira vermelha da sobretaxa hasteada. Fora todo o resto.

Enquanto isso o governo tem três preocupações: não cair, melar a lava-jato e manter o Lula fora da cadeia. O resto que espere, qualquer coisa é só espalhar que o adversário é cheirador, bate na mulher e que vai vender a Petrobras.

Só nos resta torcer para que esse governo caia logo de um jeito ou de outro e que alguém venda mesmo a Petrobras.

E de preferência enquanto ainda vale mais do que uma sopa, um mocotó ou uma empadinha.
0 Comentários