sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Você fugiria da Venezuela para o Brasil?

O Brasil só não está passeando no trem fantasma bolivariano porque é uma de suas atrações bizarras.
Basta ler notícias da América Latina e comparar que você facilmente vai concluir: o Brasil só não está mais venezuelizado porque falta ao PT competência até para isso.
Só esses dias vi que a PDVSA, estatal de petróleo aparelhada, saqueada e semi-falida da Venezuela, não tem mais dinheiro para patrocinar uma equipe de fórmula 1, por isso o piloto venezuelano Pastor Maldonado ficaria sem um carro para correr em 2016.
A primeira coisa que vem à cabeça de qualquer pessoa normal ao ler algo assim deveria ser: mas como um país com a maior taxa de inflação do mundo, o pior crescimento do continente, índices de violência assustadores, escassez de produtos básicos, caos político, econômico e social, pode desperdiçar dinheiro numa aventura na fórmula 1?
Mas aí você precisaria lembrar que a Petrobras andou enfiando dinheiro na equipe Williams há poucos anos.
Outra notícia dá conta de que os novos funcionários do governo Macri, na Argentina, ficaram chocados com o cenário encontrado na Casa Rosada. Para resumir, o governo de Cristina Kirchner foi definido como um projeto de marketing, uma estratégia de imagem sem nenhum conteúdo efetivo por trás, ou seja, propaganda, mistificação, pirotecnias e péssimos resultados.
Só que antes de ficar chocado com isso, todo brasileiro precisa lembrar que vive há 13 anos num país onde a educação é uma piada, mas o governo comemora números cada vez mais superlativos como se quantidade significasse qualidade.
Precisaria recordar também que vive no país dos slogans que não dizem nada - "país rico é país sem pobreza" ou "pátria educadora" - das obras do PAC que só prestaram para enriquecer ladrões, dos projetos apresentados com pompa e que não dão em nada, da propaganda enganosa do João Santana nas eleições e de um cenário de caos e destruição no mundo real, contrastando com o Brasil maravilha da publicidade estatal.
Você é obrigado a lembrar que vive no país do remendo, com um governo que ao invés de combater o mosquito da dengue e da zika, vai distribuir esmola para famílias afetadas pela microcefalia que é sequela da zika.
O país do governo que gastou e roubou tudo o que tinha e que não tinha e que agora apresenta como solução o aumento de uma carga tributária que já é imoral. Desemprego, recessão, empobrecimento e a maior preocupação da "presidenta" é permanecer no poder, se agarrar ao cargo que venceu mentindo, difamando e enganando o eleitor.
O país do governo que aparelhou tribunais superiores e que ao invés de tomar atitudes para frear a corrupção que campeia em seus quadros, ataca através de seus estafetas a imprensa ainda livre, a justiça e a polícia que investiga e pune corruptos.
Sabendo disso, eu pergunto: você fugiria da Venezuela para o Brasil? Porque não falta muito e vai dar no mesmo fugir do Brasil para a Venezuela.
0 Comentários