sexta-feira, 1 de abril de 2016

O Brasil é um país de mafiosos

Táxis, cartórios, legislativo, judiciário, executivo, empreiteiras, planos de saúde, laboratórios, sindicatos, fiscais, instituições de ensino, refinarias, postos de gasolina, montadoras de automóveis, trens e metrôs, distribuidoras de energia, empresas de telefonia, camelôs, professores, flanelinhas, empresas de ônibus.
Pode ir enfileirando profissões e ocupações. Não existe uma "corporação de ofício" que não seja dedicada exclusivamente a maximizar lucros com péssima prestação de serviços, instituição e proteção de cartéis, manutenção de monopólios e invariavelmente lesar quem precisa - ou é obrigado a - fazer negócio com eles.
É um país burocrático, lento, desorganizado que só se organiza para multar e tarifar, ruim e caro. Entregue nas mãos dessas máfias que sequestram o dia a dia do cidadão quando bem entendem, seja fazendo greves, seja paralisando as cidades, seja metendo a mão no seu bolso na marra, seja criando dificuldade para vender facilidade.
O Brasil é uma Sicília de dimensões continentais, só que cercado de favelas, lixões, valas negras e pilhas de papel com "firma reconhecida".
0 Comentários