sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Doria está fazendo mal à cabeça da esquerda

(Clique na imagem para ampliá-la)


O prefeito de São Paulo, João Doria Jr., conseguiu junto à Unilever uma doação de 1 milhão de itens de higiene pessoal, que serão distribuídos nos abrigos da prefeitura.
O prefeito disse que a auto-estima também é importante, por isso essa é mais uma medida para ajudar a recuperar vários moradores de rua.
A revista Fórum, uma daquelas que chamavam o impeachment da Janete de "golpe", acusou o prefeito de ser "higienista" (???) por causa disso.
Só posso supor que o brilhante jornalista que escreveu a coluna associou higiene pessoal à higienismo e mandou bala na crítica social. Mas melhor do que uma revista petista para mostrar o cipoal de sandices que corre na cabeça da companheirada só mesmo os comentaristas do Facebook da revista.
Com eles aprendemos que:
1) Quem não tem onde deitar não precisa tomar banho.
2) Ou você resolve todos os problemas de uma vez só e no mesmo dia ou então é melhor não resolver nenhum, um de cada vez, porque isso é coisa de quem deseja fazer marketing eleitoreiro.
3) O prefeito não deseja que os moradores de rua comam, apenas que escovem os dentes.
4) De que adianta tomar banho, fazer a barba, escovar os dentes, usar desodorante e melhorar sua auto-estima se você já está na rua mesmo? Melhor continuar imundo, não ter estímulo para melhorar de vida e pedir esmola na beira da ciclovia.
5) Medidas emergenciais - que eles chamam de "paliativas" - são inúteis, seria melhor o prefeito pichar muros, andar de bicicleta, criar uma secretaria para promover concertos com orquestras bateção de lata, cantar RAP freestyle e deixar as pessoas abandonadas nas ruas, afinal, cracolândias são antropologicamente importantes para os estudantes de humanas exercitarem suas boas intenções.
6) Cecê e bafo de onça são condições primordiais do proletariado consciente. Quem toma banho e escova os dentes vira de elite - ou pelo menos "capitão do mato" da elite - na mesma hora.
7) Doria ainda distribuirá perfumes franceses para os moradores de rua, assim não precisarão nem de água para não incomodar as sensíveis narinas do prefeito.
8) Doria é um egoísta que fica por aí arrumando exame para pobre no Sírio e Libanês e tentando cuidar da auto-estima e da dignidade de pessoas que moram nas ruas. Melhor era o PT, que criava algumas comissões e nomeava centenas de cargos comissionados para estudar o problema e publicar uma tese em algum caderno do partido depois.
9) Uma doação da Unilever é algo muito suspeito. Esse prefeito só pode estar envolvido em coisa séria por conta disso. Se ele pelo menos estivesse por aí assaltando os cofres públicos junto com empreiteiros corruptos ou quebrando a Petrobras ainda vá lá, mas conseguindo doações para a prefeitura em prol de moradores de rua? Aí tem coisa.
10) Não importa o que faça, os órfãos do prefeitão Suvinil sempre criticarão ferozmente o João Doria, simplesmente porque eles não estão sabendo lidar com as comparações que certamente virão e que serão mais ou menos como comparar a ficha corrida do Lula com a do Dalai Lama.
0 Comentários