sexta-feira, 7 de abril de 2017

A casta dos concurseiros

Salários em média maiores do que os da iniciativa privada. Estabilidade no emprego. O país pode estar no fundo do poço que o dinheiro pode até atrasar, mas sempre chega. Triênio. Quinquênio. Licença prêmio. Assina o ponto e vai passear. Presta um serviço horroroso e se alguém reclamar ainda é "desacato". Se aposenta ganhando mais do que o resto da macacada. Faz greve e continua recebendo. Pendura viagem, compra, gasolina, diária, tudo o que puder no bolso do idiota que paga impostos. Quando o governo quer cortar algo, nunca é o deles. Quando o governo quer ferrar alguém, como são organizados nunca são eles os ferrados.
E agora no Rio de Janeiro ainda pode ter "licença menstrual".
Como é gostoso perder dois ou três anos "estudando pra concurso" (decorando macete) e depois passar o RESTO DA VIDA parasitando a sociedade.
0 Comentários