quarta-feira, 5 de julho de 2017

Tem fã que é pior do que o artista

Só uma coisa consegue ser pior do que um artista cretino: seus fãs. Agora imagine essas divas pop, de muito "lacre" e pouca qualidade?
Esperar o que de gente que acampa meses na porta de uma arena para ver uma mulher fantasiada de frango ou pavão berrando até mostrar a úvula? Essa é a idéia de arte nestes tempos de "quem decide o que é arte, o que é bonito ou o que é feio?".
Você precisa se deparar com uma instalação composta por uma cama desarrumada, um penico com urina do "artista", duas latas de sardinha e uma luz acendendo e apagando e dizer: que interessante!
Ou simplesmente, na linguagem da juventude imbecilizada pelo ativismo em sala de aula: berro, tiro, lacrou, pisão, ata.
Voltando às divas pop e às celebridades-TMZ - a versão do colunismo social para a ideologia de gênero - todas começam de um jeito e vão ficando exatamente iguais.
O discurso, a aparência, as bizarrices, os ataques a tudo que é "tradicional", a adesão total ao feminismo tosco. Nelson Rodrigues dizia que o feminismo quer transformar a mulher num macho mal acabado.
Os cabelos joãozinho estilo barbeiro de 5 reais e as roupas de skatista do Capão Redondo que as moças resolveram usar para se "empoderar" dão razão ao velho. Fora o resto.
E ainda tem os fãs.
0 Comentários