quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Apenas imagine

Imagine as reações da imprensa e da esquerda - separei os dois ainda que sejam a mesma coisa - caso o Sérgio Cabral ou o Cunha estivessem soltos por aí neste grotão pitoresco e triste onde um Gilmar Mendes é ministro da suprema corte, afrontando juízes, ameaçando metade do país e fazendo campanha antecipada.
No país do foro privilegiado, o chefe da organização criminosa tem desaforo ilimitado.
0 Comentários