segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Bolsonaro x Lula x a economia

Estão tentando forçar uma polarização entre o Lula e o Bolsonaro. Primeiro porque a imprensa acredita que isso favoreceria o Lula, depois porque os entendidos acham que o povo não saberá diferenciar alguém com idéias fortes de um condenado por corrupção.
Mas é cedo para acreditar nisso, porque apesar da justiça tão confiável quanto uma roleta de cassino que temos, Lula pode ficar inelegível. Depois porque o Bolsonaro pode, sim, ser desidratado por uma pancadaria generalizada contra ele.
A realidade é que o status quo precisa desesperadamente de alguém que não seja Lula - sua eventual eleição incendiaria o país - e que faça os acordões de sempre para parecer que vai mudar tudo, deixando tudo como está.
Só há um fato inegável: a economia vai, sim, ter papel fundamental na eleição do novo presidente. Ninguém se preocupa com ideologia de gênero se estiver com o bolso vazio.
Quem oferecer para o eleitor o vislumbre de uma vida menos sombria e mais pacífica, com dinheiro no bolso e sem tanto sofrimento, vai levar de colher, como diziam antigamente.
Mas não adianta só prometer, tem que entregar. Se o vencedor não entregar uma economia decente em pouco tempo, corre o sério risco de não terminar o mandato.
0 Comentários