segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

O país das águas poluídas

A não ser por algum fenômeno natural, não tem nada mais tosco e característico do Brasil do que POLUIR águas, não despoluir e depois colocar avisos nas praias como se aquila porcaria tivesse brotado do nada.
É como quem diz "estão avisados, agora não é mais problema meu".
Mas o pior é constatar que onde ainda não é poluído não tem nada a ver com preservação, conservação ou recuperação, mas simplesmente porque tal local ainda não tem gente o bastante para emporcalhar tudo com lixo e esgoto.
A balneabilidade no Brasil é inversamente proporcional à ocupação humana.
E assim o mar e os cursos d'água no país vão virando verdadeiros penicos.
0 Comentários