segunda-feira, 30 de julho de 2018

A esquerda (des)animada

Hoje fui ver a premiação do Anima Mundi e confesso que o público conseguiu me chocar. Parecia uma plenária do PSOL misturada com distribuição de butim do PT. Sempre foi assim? O domínio da esquerda sim. Mas nunca com tamanha ostentação de símbolos e posturas. 

A impressão que passa é que conforme vão perdendo espaços na sociedade, seja no mundo virtual ou no chamado "mundo real", vão radicalizando o agir, assumindo uma postura de gueto mesmo. Fechando a bolha quase hermeticamente. 

Ninguém me destratou, não houve nenhum episódio específico, mas 90% do público tinha a indumentária, postura e conversa de quem voaria no meu pescoço caso eu respondesse honestamente a pergunta "o impeachment da Dilma foi golpe?". 

Não é reclamação ou desabafo ou brado, nada disso. É quase uma comemoração: apesar de ter que me sentir um espião da CIA na sede da KGB para ver uns desenhos animados, constatei que eles estão perdendo. Estão presos num bunker.

P.S.: Havia camisetas "Mirabelle Presente" e "Lula Livre", mas será que alguém com uma camiseta assim:

"Meu Voto é Secreto 😎👉🏻👉🏻"

Circularia de boa no local? Tenho minhas dúvidas.
0 Comentários